TRANSPORTES

JPN

 

1. Transporte Público

①  Ônibus (BASU)

Ao entrar no ônibus, retirar um tíquete. Conferir no quadro na parte da frente superior do ônibus se o destino confere com o que você deseja ir ou confirmar com o motorista antes de prosseguir.

Quando chegar perto ou anunciar o nome do ponto em que deseja descer, apertar o botão para avisar. O valor da passagem é o valor constante na tabela correspondente ao número do seu tíquete. Colocar o valor da passagem diretamente na caixa coletora ao lado do assento do motorista.

②  Táxi (TAKUSHI)

Há três formas de se chamar o táxi.

(a) Telefonando para a companhia de táxi.

(b) Acenando para chamar o táxi que estiver circulando.

(c) Tomando nos pontos de táxi.

Ao entrar, dizer ao motorista o seu destino. Cuidado com a porta, pois o abrir e fechar da porta traseira esquerda do táxi do Japão é automático.

③  Trem (DENSHA)

Conferir na estação o mapa das linhas e estações de trem, checando a direção e tarifa até o local onde pretende ir antes de  comprar a passagem,mas caso a estação que for subir não tiver nenhum funcionário da estação, pagar dentro do trem. Para entrar e ao sair da plataforma,deve-se passar pela catraca eletrônica.

④  Bondinho (SHIDEN)

Em Toyohashi, corre uma linha de bonde. A tarifa é de ¥150 para adultos e ¥80 para crianças e  deve ser paga ao entrar no bonde. Anuncia-se o nome da estação seguinte durante o trajeto e deve-se acionar a campainha no ponto que deseja descer.

 

2. Como dirigir um carro

A carteira de habilitação tirada no Brasil não poderá ser usada diretamente no Japão. É necessário fazer uma solicitação de reconhecimento e exame de aptidão, avaliação de conhecimentos específicos  e avaliação da prática.

Antes de começar a preparar a documentação, informe-se no Centro de Habilitação.

AICHI-KEN HIGASHI MIKAWA UNTEN MENKYO CENTER 

Toyokawa-shi Kanaya Nishi 2-7  Tel. 0533-85-7181

Requisitos para poder transferir a carteira de habitação.

○  Ter permanecido no seu país por mais de 3 meses após ter tirado a habilitação

○ Quando solicitar a transferência, é necessário que a habilitação esteja dentro do

período de validade.

○   Passar nos exames de escrito e prático.

Dependendo do país, são necessários outros requisitos além dos mencionados acima, favor se informar diretamente.

 

  Informações sobre a tradução de carteira de habilitação:

Federação Automobilística do Japão - JAF, de Aichi-ken, escritório de Toyohashi Toyohashi-shi Tsutsujigaoka 1-8-6  Tel.  0532-64-0150

Poderá adquirir o manual sobre “REGRAS DE TRÂNSITO” do Japão simplificado, em português (¥1.000 cada ).

 

3. Para se possuir um carro:

(1) Registro de veículo:

 Adquirindo um veículo, é necessário fazer seu registro. As formalidades podem ser efetuadas através da revendedora onde foi comprado; no caso de

alteração de dados ou inutilização do veículo, há necessidade de fazer outros trâmites: HP  http:/www.mlit.go.jp

Kei Jidousha Kensa Kyoukai Aichi Shukan Jimusho Toyohashi Shisho

Toyohashi-shi Jinno Shinden-cho Aza Kyou no Wari 18   Tel. 0532-34-3311

(2) Fazer um seguro de veículo

①  SEGURO OBRIGATÓRIO, é um seguro para indenizar danos de veículos de terceiros, sendo obrigatório por lei.

②  SEGURO FACULTATIVO, não é obrigatório, porém como os gastos das indenizações às vítimas em casos de acidentes são muito caros, é melhor precaver-se entrando nesse tipo de seguro.

(3) Garantir uma vaga de estacionamento próximo da residência num raio de até 2 Km caso não tenha garagem na casa.

(4) Licenciamento de veículo(SHAKEN):

Adquirindo um carro ou moto, é necessário se fazer a sua revisão períodica, como determina o país. Os veículos aprovados na inspeção deverão portar o certificado de inspeção enquanto estiverem em trânsito, como  garantia do padrão de segurança do veículo.

 

4. Caso você sofra ou provoque um acidente...

Ultimamente tem aumentado a ocorrência de acidentes. Caso se envolva num acidente:

(1) Obrigação do motorista: Caso ocorra um acidente, deslocar o veículo para um local seguro para evitar outros acidentes e desligue o motor.

(2) Se tiver feridos... chamar a ambulância 119. Evitar deslocar o ferido, mas se o local onde ele se encontra for perigoso, deslocá-lo para um lugar seguro.

(3) Comunicado à polícia... 110. Informar o local do acidente, o número de feridos, a gravidade dos ferimentos e ouvir com atenção as instruções. Anotar o nome, endereço,telefone, placa do outro veículo envolvido.

(4)  Solicitar um disgnóstico médico com atestado. Por mais que pareça um ferimento leve, pode haver possibilidade de ter causado um grande choque no cérebro, portanto deve se submeter ao exame médico e comunicar sem falta a polícia.

(5) Informar a Companhia de Seguros sobre o acidente.

 

JPN

Topo da página